Agosto 9, 2017 4 Comentários e TQB!

Coentros ou Salsa? A Guerra das Ervas

Salsa ou Coentros

Hoje chegou o dia de falarmos sobre um assunto fraturante da sociedade Portuguesa. Este é um tema que gera ódios, discórdias e que divide o país.Do que estamos a falar? Coentros ou Salsa. Nestas últimas semanas tem sido tema de discussão e discórdia pelo sítio onde trabalho, onde se nota que as pessoas se dividem entre os dois consoante a zona do país onde cresceram. De que lado é que vocês estão? Para extremar as coisas, vamos fazer a pergunta que Miguel Esteves Cardoso faz no seu artigo: se um deles fosse extinto, qual escolhiam para permanecer? Nós escolhemos os coentros.

O que são os Coentros?

Se recorrermos à página Wikipédia, percebemos que a sua utilização vem dos tempos dos antigos egípcios que a utilizavam para embalsamar corpos.Não começamos com o melhor argumento a favor, pois não? Eram também usados como planta medicinal (propriedades digestivas, calmantes, e até boa para o reumatismo). Conseguimos ver também que o coentro é muito utilizado tanto na comida indiana como na árabe. Ora, isso ajuda a explicar o porquê da sua utilização no Alentejo (açordas, sopa de cação, carne de porco à alentejana), já que a presença árabe por essas terras se fez sentir ao longo da história, o que, claro, influenciou a história da nossa gastronomia. Nós, cá por casa, temos influências da comida indiana através da gastronomia que nos chegou vinda de Moçambique. Logo, os coentros sempre foram mais presentes na nossa cozinha. No entanto, parecem ser os que mais facilmente geram ódios.

O que é a Salsa?

A salsa cultiva-se há mais de 300 anos, sendo uma das ervas aromáticas mais populares da gastronomia mundial, como podemos ler na página Wikipédia. Em Itália usa-se salsa apenas. As pessoas que conheço que vieram das nossas zonas mais a norte dizem que nem sequer conheciam os coentros até terem vindo para sul. E muitos nunca se adaptaram ao sabor. É simples perceber também, que se começarmos a avaliar muitas das receitas mais tradicionais a norte, não encontramos muito os coentros. Claro que haverá sempre excepções, como salienta bem Miguel Esteves Cardoso, falando dos Pézinhos de Coentrada no Porto.

Como dissemos anteriormente, os coentros geram mais ódios. Temos um exemplo no site www.nocilantro.com, que deve ser o expoente máximo de ódio ao Coentro.

Onde se define a fronteira?

Esta parece-nos a nós a pergunta mais interessante, mas a sua resposta não nos parece óbvia. Sabemos que em Lisboa, os coentros eram de difícil acesso, por isso eram pouco usados. No entanto, isso foi mudando ao longo do tempo. Será por aí a fronteira? Será que é um pouco mais a norte? Coimbra? Aveiro? A melhor forma de tentar definir uma fronteira poderia ser pela densidade de utilização de cada uma das ervas. Mas isso parece um trabalho duro demais. Será que essa fronteira se prende com condições óptimas à sua plantação? Será que está presa à história das invasões e povos que passaram por Portugal? Qualquer uma destas pode ajudar a definir essa fronteira.

Conclusão? Coentros ou Salsa?

Não sei se há uma conclusão. Para nós, que gostamos de cozinhar e comer, a verdade é que há pratos em que os coentros são indispensáveis e outros em que a salsa é indispensável. Mas, se tivermos que escolher apenas um para sobreviver ao apocalipse, não nos parece difícil optar pelos Coentros. E vocês? Por qual dos dois optavam?